fenixgesso123@hotmail.com

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Obtido a partir do processamento do mineral gipsita, o gesso é um material bastante utilizado na construção civil. Serve, por exemplo, para produzir peças decorativas, painéis, placas para forro e até mesmo como revestimento para paredes de alvenaria. Quando usado em paredes, o gesso substitui o chapisco, o emboço, o reboco e a massa corrida. Esse tipo de revestimento é chamado de gesso sarrafeado. Para executar esse serviço são Fotos: Marcelo Scandaroli usadas mestras e cantoneiras de alumínio, que garantem um acabamento nivelado e aprumado da superfície. Por ser muito poroso, o gesso requer a aplicação de um selador específico antes da pintura.Além de uniformizar o acabamento, o produto proporciona um rendimento melhor da tinta. Para fazer o revestimento com gesso você vai precisar de água, pó de gesso, caçamba, desempenadeira de PVC de chapa de 3 mm, desempenadeira de aço própria para gesso, lixa para ferro 120, colher de pedreiro, cantoneiras de alumínio para sarrafeamento, requadrações e espátulas de aço. As mestras - faixas verticais e contínuas de argamassa - servirão de apoio para aprumar o revestimento.Devem ser feitas um dia antes para estarem totalmente secas quando o serviço de revestimento for iniciado. Para fazê-las, basta fixar as taliscas (figura 1), preencher o espaço vertical com argamassa e sarrafear com régua de alumínio (figura 2). Coloque água na caixa de massa numa quantidade que corresponda à metade do volume total da mistura.Por exemplo: se você colocou 10 litros de água, após a adição do gesso irá obter 20 litros de massa pronta. Faça assim! Passo 2 2 Distribua o pó sobre a água até saturar, ou seja, até que se forme uma camada fina e seca sobre a água. Para que o pó caia de maneira lenta e uniforme sobre a água, use as mãos como se fosse uma peneira. 3 Lixe as bordas da desempenadeira de aço para eliminar ferrugem. 4 Coloque a massa sobre a cantoneira e espere endurecer um pouco, para que a mistura não escorra quando a cantoneira for movimentada. 9 Com desempenadeira de aço, preencha o vão formado entre a cantoneira e a mestra. Nos espaços menores 10 A massa endurecida que sobrou na caçamba deverá ser raspada para ser aproveitada no acabamento final da parede. Passo 10 11 Para deixar a massa fluida,adicione água com a ponta dos dedos e misture na própria desempenadeira. Passo 11 12 Para o processo de queima ou alisamento final da parede, deverá ser utilizada somente a nata do gesso que escorre pela desempenadeira.Aplique a nata em movimentos cruzados. Passo 12 O primeiro passo para uma boa aplicação é fazer com que o pó não caia na água em montes e pelotas. Depois que abrir o saco, afofe bem o pó. FAÇA ASSIM! Para acelerar a pega do gesso Divida a massa da caçamba em duas partes e mexa apenas uma delas.A porção mexida endurecerá num tempo mais rápido do que a outra metade e poderá ser aplicada na parede mais rapidamente. O tempo de aplicação do gesso na parede não deverá ultrapassar o tempo de endurecimento da outra metade, ou seja, 20 minutos

domingo, 15 de abril de 2012

O que é Gesso Liso

                                         Gesso Liso ou Revestimento de Gesso




Este tipo de revestimento seja para acabamento de paredes ou tetos traz agilidade e economia para a sua construção. De aplicação fácil e rápida em paredes e tetos, o gesso liso proporciona ao construtor uma serie de vantagens, desde que ele seja bem planejado e executado. A escolha do gesso liso como revestimento nos empreendimentos de construção, tem sido impulsionada pela busca por otimização de custos na obra. Para que este tipo de revestimento tenha um bom desempenho e durabilidade prolongada, alguns cuidados precisam ser observados tanto no processo de escolha quanto na sua execução. A resistência da massa de gesso varia de acordo com a temperatura e o tempo de calcinação a qual a gipsita foi exposta, sua finura, a quantidade de água usada de amassamento e os aditivos também presentes na sua composição. Os revestimentos de gesso liso de pega mais rápida, possuem elevada finura e alta resistência. Um fator que pode alterar a pega é a falta ou excesso de água de amassamento em relação aos demais valores adicionados. A taxa ideal de água recomendada na hidratação é de 18,6 %. O gesso é altamente solúvel e é justamente por este motivo que ele deve ser aplicado em áreas internas livres de qualquer umidade. Antes de começar o processo de execução do revestimento é preciso que o substrato (bloco de concreto ou reboco) esteja completamente seco, por isso é recomendado um período de 30 dias entre a finalização do substrato e o inicio da execução do gesso. Após o período de 30 dias o prumo das paredes deve ser verificado, esta correção e de outras eventuais falhas e vazios deveram ser feitos com argamassa. Estas falhas e imperfeições podem interferir no processo de aplicação e comprometer o resultado final que era esperado. A aplicação do gesso em lajes, por suas superfícies, é necessário uma ponte de aderência, recomenda-se o uso de chapisco rolado, isto serve para garantir a fixação do aglomerado. Independente do tipo de preparação da superfície onde o revestimento de gesso liso será utilizado, o processo de aplicação é o mesmo. Devendo ser iniciado pelo teto e se estendendo pelas paredes, primeiro pela parte superior e depois a inferior, faça a aplicação das partes superiores com o auxilio de um andaime para ter maior mobilidade e segurança. Há duas opções de revestimento, o sarrafeado e o desempenado. No sarrafeamento as faixas mestras e as taliscas proporcionam uma superfície mais rigorosa e plana.

quinta-feira, 12 de abril de 2012